Skip to main content

Toni: Mudança de Planos

‘‘Como vim parar aqui?’

quadros_toniflaminga-01

Essa questão existencial aparece normalmente junto de uma linha do tempo, que marca desde os seus sonhos de criança até o presente. Pois eu, Toni, mulher, gorda, solteira, trinta anos, empoderada, venho por desta declarar que minha vida não é nada parecida com a que eu imaginava para mim.

Isso é um problema? Pode ser!
Traz algumas decepções? De vez em quando eu me afogo em uma panela de brigadeiro, duas na verdade.

Mas chega! Não é assim ruim, gente! Eu tenho minha liberdade, um certo conforto, viajo, tenho um cachorro lindo, amigos para qualquer hora e de vez em quando uns Matchs de Tinder na minha cama. Mas o imbróglio aparece em ocasiões como perguntas inconvenientes de tia “Antonieta, quando você vai emagrecer para achar um bom homem para você?”, trazendo à tona a recordação dos meus antigos planos de “gente grande”.

Sempre fui gorda, e com dez anos usava aparelho, era muito desajeitada com cabelo estranho. Isto é, um alvo piscante em neon com a placa escrita “Seja zoada!”.
Nessa época difícil, a minha esperança era o futuro, onde teria sucesso com um ótimo emprego, marido, filhos, cachorro, uma casa grande e seria MAGRA! Tudo isso aos 26 anos!

Ah, que fofa que eu era, gente! Eu realmente acreditava. Queria voltar no tempo só para apertar as minhas bochechas de Toni!

Mas aí, os anos foram passando, a gente vai mudando, veio o colegial, vestibular, as novas experiências de faculdade, uma barriga de cerveja, o primeiro cara e alguns outros. Por fim entramos na famigerada realidade com novas decepções, uns quilos a mais, o primeiro emprego, o desemprego, mais outros quilos, o trabalho autônomo, estresse e algumas dívidas.
Bem, a vida andou, tive dias bons e ruins e no fim eu não emagreci. Na verdade, do plano, só fiquei com o cachorro.

Daí você me pergunta: Mas Toni, isso não é um problema?
Claro que não, a vida tá diferente, mas tá boa! Então, por que ainda me deixo abalar por um sonho infantil não realizado?
Teve uma época que isso era uma questão muito forte, foram necessárias muitas horas de terapia! Tipo assim, anos.
Uma tonelada de dinheiro para descobrir uma coisa, que agora parece ser simples e
 que quero compartilhar com vocês.

Assim que eu começo a comparar a minha vida com os meus sonhos de criança, paro e penso.

Esse futuro que eu imaginava era realmente meu? Ele tem a ver comigo? Ou será que veio de outras pessoas? Talvez tenha surgido dos comentários familiares mandando eu emagrecer, ou de toda o bullying que sofri por ser gorda? Será que o único padrão de mulher realizada e feliz que chegava em mim pela televisão ou revistas era de uma mulher rica, europeia e magra?

Eu fiz esse exercício muitas vezes, ainda faço! Por fim descobri que, antes dessa fase, eu na verdade queria ser uma sereia! É mais divertido, né?
Podemos (e devemos) seguir nossos sonhos, mas respeitando quem somos.

Agora é só arranjar a cauda e partiu Ilha Grande, uhul!


E você? Quem você planejava e se transformou?
Seja sua melhor versão com a gente, seja Flaminga ♡

Leia Mais

Creare Mix: Seu novo jeito de combinar

Chegou a hora de novas combinações e possibilidades ♡
Chegou: Creare Mix!

Conversamos com a Creare para entender um pouquinho melhor a nova tendência da marca que foi criada exclusivamente para nada mais nada menos queee… Flaminga! É gente, a gente mesma he he he.

Bom amores, pra quem não sabe a Creare já está no mercado há 30 anos, criando e lançando diversas tendências com estilo e qualidade.
Papo vai e papo vem, percebemos que muita gente buscava uma proposta jovem e com mais bossa, sabe?
Uma proposta para um público que junto da moda quer uma malha super confortável e que combine entre sí, um público que quer desmistificar o uso de estampas grandes e chamativas pro público Plus Size, afinal: estampa grande? Pode sim! 

Pensando nisso a Creare desenvolveu uma coleção “auto-combinante” que pudesse “produzir” vários resultados a partir de poucas peças, ou seja, tudo se combina, casa, orna, faz aquele spring love.

O principal conceito da Creare Mix é criar novas combinações. Mixar valores, ideias, desenhos, cores e padrões.
É incluir pessoas, tipos, corpos e cores, conviver com igualdades e diferenças. 

img_2926

Vide a imagem dá pra perceber que estamos a todo vapor na produção!
Creare Mix chegará na Flaminga muito em breve, e como o que é bom pode melhorar, vai ter lançamento no Pop Plus! Ou seja, você poderá conhecer e tocar essa nova proposta no maior evento de Moda Plus Size de São Paulo!
O evento acontece nos dias 03 e 04 de Dezembro as 12h até as 21h, lá no Club Homs que fica na Avenida Paulista, 735 – É pertinho do metrô Brigadeiro (Linha Verde). 

Bom, agora é segurar a ansiedade (respira fundo) e aguardar mais este lançamento. Ah, é bom torcer também para que o estoque dure até o Pop Plus, né nom? ho ho ho

Este slideshow necessita de JavaScript.

 


Confirme presença no evento e venha conosco!
Vem mixar tudo que é bom e ver como a vida pode ficar ainda mais linda ♡

 

Leia Mais

Toni: A estreia

Flamingas e Flaminguetes, CHEGUEI!

161108-flamingatexto1-28

Cheguei para ficar! Porque aqui, aqui é o meu lugar!

Para que não me conhece, o meu nome é Toni, e junto com a Flaminga trago uma ótima, maravilhosa, esplendorosa novidade para vocês!

SIM, eu serei a mais nova colaboradora do Blog da Flaminga! ISSO! Depois do trabalho incrível da Mari-Sem-Vergonha, dá até um friozinho na barriga.
Ih! Acho que dor mesmo. Ai to suando frio, acho que vou... [Toni desmaia]

OPA! Voltei!

Vocês devem estar se perguntando, quem é essa Toni, né? De onde ela veio? Pra onde ela vai? Como eu não quero ficar me gabando, passo essa bola para a Marilia, minha criadora, falar um pouquinho sobre mim. [Toni passa o microfone para a Marília]

Toni é uma personagem de mulher gorda, independente, poderosa e maravilhosa e com tantos defeitos quanto nós temo. Seu gênio é meio difícil às vezes. Eu a desenhei depois que me cansei de ver personagens gordas sendo tratadas sempre da mesma forma clichê rebaixada (amiga, assexuada, comilona, recalcada, etc). A Toni pode ter algumas dessas características, mas veio à luz, ela é a protagonista, muito mais complexa e sempre na busca de ser o mais real possível.                                                                                                                                   Marilia Almeida, autora da Toni.

 

[Toni pega o microfone]

É isso aí, Má! Quero mostrar para todas as mulheres que elas são personagens centrais da própria história. Almejo elevar o espírito e a autoestima de tantas mulheres aí no mundo. Fazer com que entendam que não precisamos seguir o padrão atriz da Globo para sermos importantes, felizes e completas!

Pensando bem, eu seria feliz agora com um mousse de chocolate. [Toni caiu num clichê]

Para esse propósito (o da autoestima e não o do chocolate) com quem mais eu poderia me unir se não fosse com a Flaminga? Nos cruzamos como num passe de mágica, a identificação e amizade entre nós foi meio que imediata. A Marilia e eu amamos tudo o que elas fazem e elas adoram os meus quadrinhos.

Juntas, nós queremos contar HISTÓRIAS! Ansiamos por entreter vocês, emocionar, fazer rir e principalmente empoderar. Mas não paramos por aí. Nós também queremos ler as suas histórias, saber o que vocês passam e o que vocês sentem.
Sejam bem-vindas a se inspirar com a gente.

Beijos,

Toni e Marília.


[TONI SAI DE CENA E ENCONTRA MARILIA NO CAMARIM]

Toni – Ai Má, to tão empolgada e inspirada! Vontade de dançar sem parar!

Marilia – Ai ai Toni, só você mesmo! Eu também TO! Já preparei algumas aventuras para você! Tem cada coisa…

Toni – Uhu! Vamos lá! Para onde vamos primeiro?

Marilia – Vamos para a casa da sua irmã, você tem um grande teste pela frente.

Toni – Poxa, vou para a casa da Bia? Achei que ia pra uma floresta encantada, ser mãe de dragões, lutar numa batalha épica. Tanta imaginação a ser explorada e você me manda para a casa da Bia? Você não sabe como ela é?

Marilia – Claro que sei, eu a criei também. Lembra?

Toni – Pois é! Então, você sabe que ela só fica reclamando da vida dura de mãe que ela tem. O disco não muda nunca! Vai ser uma história super chata. Quer começar assim?

Marilia – Quero sim. A sua jornada se inicia lá, mas não com a sua irmã. E sim com a sua sobrinha.

[CENAS NOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS]


AAAI que ansiedade!
Mas essa ideia da Toni é ó-t-i-m-a, né nom?!
O que fazer quando bater aquele nervosismo, aquela ansiedade, aquele nó na garganta?
Solte-se! Dance, pule, coloque pra fora e fique pronta para encarar cada momento da vida!
Ah, e na dúvida do que usar vem com a gente que na Flaminga sempre tem uma opção para todos os momentos da vida 😉

Leia Mais

Mari-sem-vergonha em: Um novo Começo

mari14

Mais sem vergonha que nunca {closing time}

Mais distraída que sempre {open all the doors}

Mari –inspira, respira, suspira – anuncia seu até mais ver {and let you out into the world}

O até logo

Cheio de carinho, cheio de afeto

Cheio de muito-muito-muito obrigada

Cheio de saudade

E sem nenhum ponto final

Porque sem vergonha não sou só eu

É você

Somos nós

Porque sem vergonha é mudar

É arriscar

Sem vergonha é poder ser você

É aceitar

Sem vergonha é errar

E tentar de novo

Sem vergonha é deixar de ensaiar

É fazer

Sem vergonha é sacudir a poeira

É voar

É deixar de pensar

É sonhar

Porque sem vergonha não sou só eu

É você

Somos nós

Eu sou essa menina, você é essa menina, nós somos essa menina, lembra?

Sem vergonha é poder ir embora

E ficar

Em cada poesia

Em cada coração

Em cada muito obrigada

Em cada vez que você sentiu que se gosta do jeitinho que é

No amor que começa todo dia ♡

{cada novo começo vem de algum outro fim de começo}


Do começo ao fim a Flaminga sempre estará com você.

Leia Mais