Skip to main content

Flaminga Entrevista: Babu Carreira

Babu? Vem que a Flaminga te sintoniza!

Babu é uma gata garota, comunicadora e atriz que está com vários projetos incríveis, um deles são os vídeos que ela publica às Terças e Quintas em seu Canal no Youtube, Bolsa Amarela da Babu, com temas sobre Gordofobia e Emponderamento, cheia de humor e responsabilidade! Além de atriz ela também é responsável pelo Big Bazar, tem uma loja online, o Big Brechó e é  Apresentadora do Papo Calcinha no Canal Multishow! E você acha que acabou? Nops! Depois de tuudo isso ela ainda está dando palestras <3 Sim! Ela está realizando palestras gratuitas em escolas para adolescentes, abordando a Gordofobia, dialogando tanto com mulheres quanto com homens, estimulando o poder pessoal que cada um deve crer!
Nós aqui na Flaminga achamos a atitude maravilhosa, necessária e super carinhosa!
Pensando nisso fizemos esta entrevista pra lá de informativa e legal. Confira agora e conheça mais sobre este lindo projeto da Babu! 


Como surgiu a ideia de montar uma palestra falando sobre gordofobia e empoderamento?

Uma antiga professora minha de português me chamou para conversar com os estudantes do colégio onde ela trabalha sobre a minha experiência e meu trabalho como pessoa pública que fala sobre ser gorda. E foi o start que eu precisava para montar uma palestra sobre o tema, porque eu acho que é sobre Gordofobia e Empoderamento a minha experiência de vida mais forte. As pessoas sempre curtiram conversar sobre esse tema comigo, sendo gordas ou não. Então me senti preparada e empolgada para compartilhar meus pensamentos sobre o tema.

 

Que tipo de mudanças você acredita que pode promover com esse trabalho?

Acredito que vendo uma pessoa falando abertamente sobre o tema, explicando onde e porque o preconceito com gordos é doloroso, sem vitimização, de modo direto e explicativo, o jovem entenda que é um ponto a se pensar. Espero mudar um pouco o esteriótipo de pessoa gorda na concepção geral, ou pelo menos ampliar o olhar desse adolescente em relação a isso. 

Você comenta que não gosta muito do termo gordofobia. Pode explicar pra gente?

Eu acho que esse termo associa o preconceito contra gordos à uma doença. E ninguém quer ter doença, ninguém quer assumir que é gordofóbico porque parece algo de outro mundo! A palavra assusta muito e distancia. As pessoas precisam entender que o difícil e raro é NÃO ser gordofóbico, porque esse é um preconceito muito naturalizado e visto até como algo bom. Algo que evita que você justamente fique gordo, porque para a maioria das pessoas ser gordo é claramente péssimo.

Pra qual  público você sugere essa palestra? Nas escolas, qual idade focou?

Eu foco mais em adolescentes, entre 14 e 17 anos, pois acho que é nessa idade que se intensificam as questões com o corpo, tanto para meninos quanto para meninas. É importante nessa idade ter contato com pessoas que são diferente do que se espera de um adulto, e ver que existem várias formas de ser “gente grande” e ser feliz.

Como tem sido a recepção ?

Tem sido maravilhosa! Tanto professores quanto alunos ficam super felizes com a discussão. Muitas meninas me contam sobre as pressões para emagrecer, ou permanecerem magras, e os meninos contam como enxergam uma pessoa gorda, falamos sobre bullying. Os adultos acham o máximo porque a maioria inclusive ainda não tinha nem pensado em como isso afeta a relação que eles tem com os próprios corpos, e no fim todo mundo parece sair se amando mais um pouquinho. :)

Fale mais sobre o projeto ou qualquer outro que tenha em mente com objetivo de desmistificar o tema.

Por enquanto as palestras são a maneira que eu escolhi para repassar de uma maneira positiva tudo que eu passei relacionado a gordofobia. É um projeto despretensioso, com a única ambição de passar adiante a minha experiência, se isso ajudar, e parece que ajuda, ótimo! Tenho um canal no Youtube o Bolsa Amarela da Babu, onde discuto várias coisas, inclusive gordofobia, mas não é focado nisso. Até porque muito do que eu acredito é baseado no fato de que ser gorda não é minha principal característica, então não precisa ser o foco do meu trabalho como atriz e comunicadora. Pelo simples fato de eu me manter vivendo a minha vida e superando minhas próprias barreiras, já é uma parte da luta.

 


Sensacional, né nom? Repassem isso pra amiga, pra tia, pra professora, pra prima, no colégio, na mesa de jantar, pra todo mundo! Acompanhem a Babu pelas redes sociais e fiquem por dentro de todas as novidades espoletas!
E vocês já viram as Escolhas da Babu na Flaminga? Clique aqui e confira 😉

Flaminga

Esse é o blog da Flaminga Plus Size, uma loja online com moda de qualidade para eles e elas que vestem roupas tamanho grande. Para conhecer mais acesse www.flaminga.com.br

Deixe uma resposta